Skip to content

Vale a pena abrir empresa para trabalhar como PJ?

abrir-empresa-vale-a-pena

Segundo uma pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor, cerca de 46% dos brasileiros tem como principal sonho abrir o seu próprio negócio. 

Porém, devido à burocratização e o desejo de pagar menos impostos, diversos empresários abrem empresas de forma irregular, pois acreditam que dessa formas eles terão menos impostos. 

Todavia, além de ser um crime, abrir uma empresa sem obter um CNPJ faz com que você não aproveite uma série de benefícios importantes para o negócio. 

Mesmo assim, uma série de profissionais ainda têm a seguinte dúvida: vale a pena abrir empresa para trabalhar como PJ? Pensando em responder a essa e outras perguntas, preparamos esse artigo para você.

Tenha uma boa leitura!

Abrir empresa: vale a pena?

A dúvida no que diz respeito aos benefícios de abrir empresa para trabalhar, assola sobretudo profissionais liberais e autônomos.

Isso porque esses profissionais podem trabalhar prestando serviços sem constituir vínculo empregatício. Dessa maneira, é muito comum que se tenha dúvidas de como se formalizar. 

A principal diferença, em relação a isso, diz respeito a como o profissional paga os seus impostos. 

O profissional autônomo atua como pessoa física e dessa forma, ele deve pagar os seus próprios impostos. Além de tornar todo o processo de gestão tributária mais complexo. 

Isso porque, ele é tributado a partir do seu Imposto de Renda, assim a sua alíquota pode chegar até 27,5% de sua receita. 

A esta altura, já é possível responder: vale a pena abrir empresa para trabalhar como PJ? E a resposta é sim. A formalização  se mostra como uma excelente opção para quem deseja atuar no mercado, ou seja, abrir um comércio ou uma empresa de prestação de serviços.

Ao regularizar seu negócio, o empresário pejotizado adquire uma série de vantagens como contribuição para a previdência, direitos a créditos vantajosos e emissão de notas fiscais. 

No entanto, devido a sua atuação independente, nem sempre esses profissionais sabem como se formalizar como PJ.

Continue a leitura: Entenda o que é pró-labore e como definir esse valor.

Quais são os passos necessários para abrir empresa para trabalhar como PJ?

O processo de abrir empresa pode ser burocrático e demorado. Por essa razão, é sempre recomendável que você tenha o suporte de uma empresa contábil de qualidade ao seu lado. 

Esses profissionais especializados conhecem a fundo todos os trâmites necessários para abrir empresa. Logo, além de garantir que todos os processos e documentos estejam em conformidade com a lei, há mais tempo para você cuidar de outros aspectos da sua atuação profissional. 

O processo da emissão do CNPJ em si é simples, e pode ser feito de forma digital pelo site da Receita Federal. Confira o passo a passo: 

  • Abra um CNPJ: o primeiro passo, seja você empreendedor ou profissional liberal, é se tornar detentor de um CNPJ;
  • Escolher a finalidade e formato: o segundo passo é fazer a definição do tipo de negócio e do formato. Tendo como os tipos mais comuns as empresas, representante comercial e consultor em regime PJ; 
  • Tipo de CNPJ: após escolher o formato e o tipo de atividade, é preciso definir o tipo de CNPJ da empresa, podendo ser MEI, EI, SS, LTDA e etc. 
  • Defina o regime tributário. 

Durante, todo o processo contar com apoio de um profissional contábil é fundamental. Isso por que, a natureza jurídica define como será a estrutura societária do seu negócio, quantos sócios serão, o investimento de cada um, suas quotas, quem é responsável administrativo pelo negócio. 

Já o regime tributário é o sistema que irá reger o recolhimento de tributos da empresa, será fundamental para que você pague impostos conforme a sua atividade econômica. Para tanto, é preciso que se escolha entre os três regimes principais:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido.

Documentos ou registros necessários para abrir empresa

Além da obtenção do CNPJ, existem outros documentos e procedimentos importantes que compõem o processo de abertura de uma empresa. 

A seguir detalhamos, quais são: 

  • Registro na Junta Comercial: este é o procedimento inicial, onde deve ser feito o cadastro de todas as atividades empresariais; 
  • Elaboração do contrato social: durante a elaboração deste documento deverá ser registrado em acordo com os sócios. Podendo apresentar variações de acordo com a natureza jurídica do negócio;
  • Alvará de Corpo de Bombeiro: o modelo deste documento é emitido pelo Corpo de Bombeiro de cada estado ou município, seguindo as exigências de cada segurança contra incêndios e acidentes; 
  • Alvará da Vigilância Sanitária: este documento deverá ser emitido pela prefeitura do domicílio tributário, assegurando que a empresa atendo as normas sanitárias de saúde pública;
  • Inscrição Estadual: realizada no estado sede da empresas, configura como a identificação da empresa no estado. Sendo utilizada nas cobranças dos impostos estaduais, como o ICMS, por exemplo; 
  • Inscrição Municipal: assim como a inscrição estadual, este modelo de inscrição compete ao recolhimento municipal e regulamente a cobrança do ISS. 

Dessa maneira, a sua empresa tem uma atuação sólida desde o seu início. 

Quais os benefícios de abrir empresa para trabalhar como Pessoa Jurídica?

Abrir empresa para trabalhar como pessoa jurídica traz uma série de vantagens aos profissionais que o fazem. Para te ajudar a entender mais a respeito, separamos os principais benefícios em trabalhar como PJ

Contribuição da Previdência Social

Ao se formalizar, o profissional tem a garantia de uma série de direitos da Previdência Social, já que ele estará contribuindo para o órgão. Profissionais que não abrem empresa, em momentos de necessidade, não tem direitos, como:

  • Aposentadoria;
  • Auxílio-doença;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-maternidade.

Acesso a linhas de créditos vantajosas

Empresários precisam investir sempre no seu próprio trabalho ou negócio. Para isso, ter acesso a linhas de crédito bancário é fundamental. 

Dessa maneira, será possível conseguir créditos nessas instituições que serão mais vantajosas, no entanto, isso só é possível para quem tem um CNPJ aberto.

Regularidade tributária

Muitos profissionais escolhem não abrir empresa para pagar menos impostos. No entanto, isso configura o crime de evasão fiscal, com implicações graves perante a justiça. 

O processo de abertura de empresa, no entanto, faz com que o seu negócio esteja em dia com todas as suas obrigações tributárias, evitando que você coloque o futuro da sua empresa.

Por essas razões, abrir empresa para trabalhar como PJ, e contar com uma contabilidade no seu processo é fundamental. 

https://w3contabilidade.com.br/contato/

Conheça a W3 Contabilidade!

Agora que você tem os benefícios de abrir empresa para trabalhar como PJ, conte com o suporte da W3 Contabilidade nesse processo!

Com mais de 35 anos de experiência no mercado, e guiada sempre a partir de um viés tecnológico, a W3 possui a expertise necessária para oferecer serviços contábeis de qualidade, sem deixar de lado um atendimento humanizado. 

Somos especialistas em Contabilidade para prestadores de serviços, dessa maneira conseguiremos oferecer uma solução personalizada para suas demandas. 

Entre em contato e conheça nossas soluções!

Leia mais: Perdi o prazo de adesão ao Simples Nacional, e agora?