Skip to content

Índices de liquidez: tudo o que você precisa saber para gerenciar o seu negócio

indices-de-liquidez-enteda

Gerir uma empresa de sucesso, exige que se esteja atento a diversos índices e parâmetros que oferecem o conhecimento necessário para tomar boas decisões. Essa observação é crucial para o bom desenvolvimento do negócio. 

Assim, um dos pontos principais para a abertura de empresas, é a estruturação desses índices e sua análise de desempenho. Nesse sentido, entender os índices de liquidez é fundamental para o sucesso financeiro do empreendimento. 

Entender esses indicadores do negócio ajuda a ter um bom panorama do estado da empresa. Tudo isso torna a sua gestão empresarial mais assertiva e responsável. Para te ajudar a entender melhor este assunto, preparamos este artigo para você.

Tenha uma boa leitura!

O que são os índices de liquidez?

Toda empresa precisa criar diversos compromissos financeiros para funcionar. Assim, os índices de liquidez, medem a capacidade do negócio de honrar com essas obrigações.

Em outras palavras, ele define se o negócio tem a capacidade financeira de se manter no mercado. Isso é de extrema importância para a gestão do negócio, uma vez que a partir deles é possível medir a viabilidade do negócio.

Assim, ao utilizar esses índices como parâmetro, você terá importantes informações que mostram o estado financeiro da empresa. 

Os índices de liquidez têm um importante papel em diversos aspectos da empresa, como por exemplo, serem utilizados para a análise de crédito do negócio, mostrando que a empresa tem capacidade de pagar por empréstimos e financiamentos. 

Além disso, cumprem um papel importante na gestão contábil da empresa, pois também revelam se a empresa consegue pagar todos os seus tributos, evitando a inadimplência e a mantendo regular com o Estado. 

Todos os dados necessários para o cálculo dos índices de liquidez, são retirados do balanço patrimonial da empresa. Por essa razão, é muito importante ter ao seu lado o suporte profissional necessário para a realização desses cálculos de forma precisa. 

Mas afinal, como fazer as análises dos índices de liquidez da empresa? Veja a seguir.

Leia mais: Empreendedorismo Digital: é possível ter sucesso com negócios digitais?

Como analisar os índices de liquidez?

Agora que você já conhece o que são os índices de liquidez, é preciso que você entenda quais são os processos de análise necessários para aplicá-los em sua empresa. 

Ao conhecê-los de forma aprofundada, você saberá o estado da sua empresa, e terá as informações necessárias para mudar o panorama da empresa, e como consequência tornar o processo de tomada de decisões mais efetivo. 

A partir do cálculo desses índices é possível chegar em três resultados: 

  • Maior que 1;
  • Igual a 1;
  • Menor que 1.

Assim, veja a seguir o que cada um desses resultados demonstram sobre o estado financeiro da sua empresa. 

Índice de liquidez maior que 1

Quando uma empresa possui o capital financeiro necessário para arcar com todos os seus compromissos financeiros, seu índice de liquidez será maior que 1.

Além disso, esse resultado demonstra que não apenas você conseguirá pagar todos os seus compromissos, como também sobrará caixa para isso. 

Índice de liquidez igual a 1

Já com os índices de liquidez igual a 1, sua empresa possui os meios para lidar com suas obrigações, mas está no limite. 

Ou seja, ao quitar suas despesas, o caixa do seu negócio estará completamente zerado. 

Índice de liquidez menor que 1

Por outro lado, se seu índice estiver menor que 1, isso mostra que a sua empresa não tem recursos financeiros para lidar com todas as suas obrigações financeiras imediatas.

Isso deve acender um sinal de alerta, para que se tome decisões de modo a diminuir os seus custos, ou aumentar suas receitas para conseguir estar em dia com seus compromissos. 

Além disso, os índices de liquidez podem servir para analisar esses compromissos a partir de uma série de aspectos diferentes, veja a seguir.

Quais os principais índices de liquidez?

Existem diversos índices diferentes que servem para analisar a capacidade financeira da empresa sob alguns pontos de vista diferentes, como:

  • Índice de Liquidez Corrente (LC): serve para calcular a capacidade do pagamento de obrigações a curto prazo;
  • Índice de Liquidez Seca (LS): muito parecido com o LC, mas não leva em consideração os ativos circulantes da empresa em seu cálculo;
  • Índice de Liquidez Imediata (LI): calcula a capacidade de pagamento do negócio, a partir do balanço patrimonial da empresa. Ou seja, leva em consideração apenas valores disponíveis, desconsiderando valores de vendas a prazo, por exemplo.
  • Índice de Liquidez Geral (LG): ao contrário da LC, o LG faz o cálculo da quitação das obrigações de longo prazo. 

Como você pôde observar, os índices de liquidez são fundamentais para o financeiro do negócio, pois permitem que se tenha uma visão ampla de sua situação. 

Tudo isso, melhora a gestão empresarial pois possibilita que se adeque de modo a mudar a sua situação e ter melhores resultados. No entanto, para isso, é necessário ter ao seu lado uma empresa de contabilidade de confiança que te auxilie tanto no cálculo como em suas análises.

https://w3contabilidade.com.br/contato/

Conte com a W3 Contabilidade!

Conhecendo os diversos tipos de índices de liquidez, é importante contar com o suporte de uma contabilidade para analisar de forma precisa esses indicadores, além de oferecer auxílio em sua gestão financeira. 

Para isso, conheça a W3 Contabilidade. Com mais de 35 anos de experiência no mercado contábil de Vitório, somos guiados por tecnologia, oferecendo sempre boas soluções e sistemas para o seu empreendimento. 

Entre em contato e conheça nossas soluções! Gostou do conteúdo? Acesse nosso blog e nossas redes sociais para ler mais textos como esse.

Continue a leitura: Gestão de folha de pagamento: entenda a importância.