Skip to content

Quanto custa para abrir CNPJ: conheça os gastos principais

Hoje no Brasil, cerca de 50 milhões de brasileiros têm o sonho de abrir sua própria empresa para trabalhar por conta própria. 

E cada vez mais indivíduos têm tirado esse sonho do papel: não à toa, mais de R$3,8 milhões de empresas foram abertas em 2022, segundo informações do Mapa de Empresas do Governo Federal.

Entretanto, esse processo não é fácil e exige conhecimentos a respeito de gestão empresarial e também financeiros, visto que é preciso desembolsar diversos custos relacionados a esse processo.

Muitos empresários buscam abrir suas empresas, mas nem sempre sabem quanto custa para abrir um CNPJ. Pensando nisso, nossos profissionais prepararam este artigo para você saber os principais gastos nesse processo. 

Tenha uma boa leitura!

Como abrir uma empresa?

Os procedimentos que englobam o processo de abrir um CNPJ também são chamados de legalização de empresas. Eles nada mais são do que o processo de emissão de uma série de documentos e registros necessários para o negócio existir formalmente.

As minúcias de cada processo variam conforme a localidade de onde o CNPJ está, sendo que em alguns locais, os processos são facilitados, podendo ser feitos digitalmente, e em outros, é preciso ir presencialmente. 

Entretanto, existem alguns processos básicos que envolvem o processo de abertura CNPJ, como:

  • Registro na prefeitura;
  • Registro na Junta Comercial do Estado;
  • Registro na Receita Federal;
  • Emissão do Alvará de Funcionamento;
  • Emissão do Alvará do Corpo de Bombeiros.

O processo é muito burocrático, como você pôde observar. Sendo assim, o suporte de uma contabilidade é muito importante nesse momento, pois você não precisará lidar com diversos aspectos do processo de abertura de uma empresa, tornando todo o processo mais tranquilo. 

Leia mais: Alvarás para comércio em Vitória-ES: como emitir.

Quanto custa abrir um CNPJ?

Os custos envolvidos para abrir um CNPJ são vários. Entretanto, é preciso citar que os valores aqui citados não incluem o processo de formalização do Microempreendedor Individual (MEI). 

O Microempreendedor Individual tem um processo de abertura de empresa simplificado, que pode ser realizado digitalmente. Isto posto, os gastos para a abrir um CNPJ envolvem alguns órgãos diferentes. 

Confira a seguir:

Gastos com documentação

De maneira geral, os gastos relacionados à documentação e contabilidade podem variar entre R$500,00 e R$1.500,00, a depender do estado onde está. 

A Receita Federal em si não cobra pelo processo de abertura de CNPJ. Entretanto, existem outros gastos que envolvem esse processo. De maneira inicial, a sua destinação envolve uma série de processos de regularização empresarial, englobando diversos aspectos relacionados à regularização de empresas, nos âmbitos federal, estadual e municipal. 

Veja a seguir os principais gastos com documentação: 

Junta Comercial

Esse é um processo que deve ser feito junto à Receita Federal, é preciso fazer o registro na Junta Comercial do seu Estado.

De maneira geral, é possível dizer que esses custos podem variar entre R$70,00 a R$400,00, a depender do estado onde você está. Antes disso, é preciso estruturar seu Contrato Social, que também pode ser chamado de certidão de nascimento da empresa. 

Alvará de funcionamento

Além disso, existem outros custos para abrir CNPJ que se relacionam no âmbito municipal. 

Para isso, é preciso que você tenha diversas licenças, sejam elas ambientais, sanitárias, e também do Corpo de Bombeiros para você abrir sua empresa de fato. De maneira geral, os custos podem variar de R$120,00 a R$750,00.

Certificado Digital

Todos os negócios devem emitir nota fiscal, com exceção dos MEIs, quando realizam transações para pessoas físicas. 

Além disso, para emitir NFs, será preciso ter um Certificado Digital, que nada mais é do que um documento que funciona como uma identidade eletrônica para o seu negócio. De maneira geral, esse valor pode variar de R$150,00 a R$400,00. 

Vale ressaltar que nem sempre esse é um passo obrigatório.

Outros custos de abrir um CNPJ

Agora que você já sabe quanto custa abrir um CNPJ, é preciso saber que existem diversos outros custos envolvidos no processo de abertura. 

Sejam eles aluguel, reformas, contratação de funcionários, compra de equipamentos e até mesmo matéria-prima, eles devem ser colocados no papel para você abrir seu negócio com assertividade. 

Além disso, também é necessário ter em mente que é preciso ter um capital reservado exclusivamente para momentos de emergência. 

Para que seu negócio tenha ainda mais sucesso no mercado, é preciso que você faça o registro de sua marca ou patente, sendo assim, podem ser adicionados entre R$200,00 a R$2.000,00.

Conte com suporte especializado da W3 Contabilidade!

Agora que você já sabe quanto custa para abrir um CNPJ, saiba que durante esse processo, o suporte de uma contabilidade é fundamental para que você tenha assertividade nesse momento do negócio. Por isso, conheça a W3 Contabilidade! 

Com mais de 35 anos de experiência no mercado, somos uma empresa que oferece serviços com excelência e em todo esse tempo de mercado, contamos com as melhores tecnologias para oferecer aos nossos clientes, mas sem deixar de contar com um atendimento 100% humanizado.

Entre em contato e saiba mais sobre o nosso negócio!

Se gostou do nosso conteúdo, acesse nosso blog!

Leia mais: Abertura de empresas em Vitória-ES: conheça as soluções da W3 Contabilidade.

https://w3contabilidade.com.br/contato/